terça-feira, setembro 21, 2021

Programação ‘Um Dia no Parque’ incentiva contato com áreas protegidas

Mais notícias

O evento nacional ajuda a despertar na sociedade a valorização dos parques e Unidades de Conservação

O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio) realizou neste domingo (18) mais uma edição do evento “Um Dia no Parque”, em parceria com o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). A programação nacional é marcada pela mobilização em defesa das Unidades de Conservação (UCs) do Brasil em vários espaços de preservação da natureza.

Segundo a presidente do Ideflor-Bio, Karla Bengtson, as UCs do Pará participaram da programação com vídeos sobre o vínculo entre quem trabalha diariamente em Unidades de Conservação e a natureza, ou entre seus moradores e visitantes, e a conexão com a área protegida.

Além dos relatos em vídeo, equipes de algumas UCs organizam eventos regionais, que ocorrem a partir deste domingo. Karla Bengtson disse ainda que o objetivo desta campanha nacional é aproximar as pessoas dos espaços de conservação e criar uma cultura de valorização das áreas protegidas, para que, cada vez mais, a população entenda a importância desses locais e se sinta parte deles.

De acordo com a diretora das 26 unidades de conservação do Pará, Socorro Almeida, “gostaríamos de fazer uma grande festa presencial, com o envolvimento de muitas pessoas, para que elas pudessem sentir de perto a natureza e com ela se conectarem. Esperamos que no evento do ano que vem possamos proporcionar um grande encontro nesse dia, para que mais brasileiros possam ver de perto a grandiosidade de uma floresta, com seus rios, fauna e flora, e assim poderem respeitar mais e reproduzir essa sensibilidade para outras pessoas que, muitas vezes, por não conhecerem e nem entenderem, não respeitam”. A programação foi adaptada aos protocolos de prevenção à Covid-19.

Parque do Utinga

A pesquisadora do Imazon Jakeline Pereira, responsável pela mobilização no Pará, informou que a campanha “Um dia no Parque” tem o objetivo de convidar a sociedade para conhecer as Unidades de Conservação, um território instituído legalmente para proteger a biodiversidade e as populações que vivem nesses territórios. Segundo ela, “essa campanha busca mostrar para as pessoas que estão aqui no Parque Estadual do Utinga, por exemplo, que não estamos apenas em um parque, e sim em uma Unidade de Conservação que faz bem pra todo mundo”.

Para o gerente do Parque do Utinga, Ivan Santos, hoje foi um dia diferenciado, de acolhimento às famílias, “porque fazer parte do meio ambiente é um convite a vir ao Parque do Utinga”.

Ivan Santos acrescentou que “a programação está especial, pois iremos promover apresentações culturais, trilhas, passeios de bicicleta e exposição sobre o Projeto Ararajuba, que realiza a reintrodução dessas aves na natureza. Venha para o Parque do Utinga e sinta-se em casa. Esse é um lugar acolhedor, que fica no coração de Belém”.

No Refúgio de Vida Silvestre Metrópole da Amazônia, em Marituba, na Região Metropolitana de Belém, a programação deste domingo incluiu feira de artesanato, aula de aeróbica e trilhas, e no Parque Estadual de Monte Alegre (Pema), na região Oeste, a população teve acesso à Expedição “Nelsi Sadeck”, em homenagem a um dos idealizadores do Pema.

Na próxima quinta-feira (22), gestores da Área de Proteção Ambiental do Marajó e do Parque Estadual Charapucu, em Afuá, realizam a live “Educação Ambiental em Unidades de Conservação no Marajó”. No dia 26, no Parque Estadual Serra dos Martírios-Andorinhas (Pesam), ocorrerá encontro com crianças das escolas da APA Araguaia. Elas farão a Trilha do Monitoramento da Biodiversidade e tomarão banho nas cachoeiras do Pesam e da Área de Proteção Araguaia.


Por Patricia Madrini (Ideflor-Bio) | Foto: Ascom Ideflor-Bio
- Advertisement -